O primeiro passo é identificar quais são as informações que estão ficando sem controle, bagunçadas ou pouco confiáveis. Avaliar quais destas informações são relevantes para a empresa.
Feito isso vamos para o passo dois que consiste em agrupar as informações e enquadrá-las conforme as categorias. Podemos dizer que existem pelo menos as seguintes categorias em uma pequena empresa:

  • Financeiro ( que envolvem pagamento, recebimentos, previsões e projeções)
  • Vendas ( que envolvem a parte comercial da empresa, clientes,vendedores, informações geradas na compra e venda)
  • Operação ( que é a atividade da empresa, controle de produção ou controle de serviços prestados)
  • Gerencial ( existem diversas nomenclaturas para isso, mas na essência são informações para tomada de decisão)

Se as suas informações pertencerem às categorias Financeiro e Vendas você poderá utilizar um software pronto para atendê-lo, existem diversos softwares gratuitos para essa finalidade.
Agora se as informações pertencerem à mais de 3 categorias das citadas você precisará de um software mais elaborado, em alguns casos é indicado um ERP e outros apenas a adaptação/integração de alguns softwares já resolve, mas de qualquer forma é recomendado consultar um profissional da área de TI para iniciar o processo com uma visão completa.